3 Motivos pelos quais o profissional DEVE entender o Sistema de Garantia de Direitos.

3 Motivos pelos quais o profissional DEVE entender o Sistema de Garantia de Direitos.

O profissional deve entender o Sistema de Garantia de Direitos pois não é somente a família que encontra dificuldades para conduzir o cotidiano de seus filhos. Profissionais que exercem funções em áreas  humanas também encontram dificuldades para encaminhar e solucionar as deficiências de cotidiano.

A Ação deve ser efetuada em conjunto com todos os outros profissionais envolvidos.

Portanto precisam de conhecimentos e informação para entender o “Sistema de Garantia de Direitos”.

POR QUE?

Entre as condições Insatisfatórias, deficiências estruturais, organizacionais relacionadas aos profissionais, citamos:

  1. A falta de apoio institucional, de conhecimento  de informação para que se possa faze-lo.
  2. A falta de conhecimento e de informação estão intimamente ligadas.
  3. A falta de comunicação e as deficiências na busca de resultados refletem nas respostas emitidas aos usuários, tanto negativas quanto positivas.

O profissional que tem competência e comprometimento, amplia as possibilidades de aceitação nas intervenções que realiza.

COMO ADQUIRIMOS ESTA COMPETÊNCIA?

Buscando conhecimento e informação principalmente as contidas no Plano Nacional de Promoção, Proteção e Defesa do Direito de Crianças e Adolescentes à Convivência Familiar e Comunitária (PNCFC).

Conhecendo o Plano onde está referendado  o “Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente” .

O “ Sistema de Garantia de Direitos” expõe uma participação ativa da comunidade na solução de seus problemas; atuando de forma integrada com as demais organizações da rede de atendimento.

Conhecendo o Sistema de Garantia de Direitos, pontuado  no PNCFC , procuramos atuar em equipes profissionais.  É em estreita parceria com o Conselho Tutelar que as equipes de profissionais adquirem condições de realizar o diagnóstico e o acompanhamento às famílias de forma preventiva e protetiva.

Fica claro que, para o atendimento às famílias,  os profissionais devem seguir o caminho da informação e ter direção interdisciplinar.

QUAL A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE GARANTIAS DE DIREITOS PARA OS PROFISSIONAIS?

A relação entre os profissionais merece atenção consciente e atuante, pois há as exigências s Lei e necessidade da troca de informações. Atuar de forma integrada e valorizar aspectos interdisciplinares se torna um viés a ser buscado cotidianamente, objetivando aperfeiçoar o atendimento.

 

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!